mostra-de-pinturas-retrata-personagens-que-marcaram-a-historia Notícias
Jesus Cristo, João Paulo II e Maurren Maggi são retratados em algumas das imagens expostas na Biblioteca Achille Bassi, no ICMC, em São Carlos
Data da publicação: 04/07/2018

 
 
Crucificação de Jesus Cristo desenhada na madeira. 
Segundo o artista, a imagem representa vergonha, tortura e flagelação.
 
 
Representar personagens que foram importantes para a história da humanidade. Esse é o principal objetivo da exposição Imagens desse universo pela caneta incandescente de Ciro Júlio Cellurale. Ao todo, são 12 imagens trabalhadas em madeira e papel Canson, ambas feitas em pirogravura, uma técnica que consiste em desenhar com uma caneta de ponta incandescente.
 
As obras ficarão expostas até dia 18 de agosto na Biblioteca Achille Bassi, no Instituto de Ciências Matemáticas e de Computação (ICMC) da USP, em São Carlos. A exposição é  gratuita e aberta ao público. Confira os horários de funcionamento da biblioteca neste link: icmc.usp.br/e/22fca.
 
Para Ciro, a humanidade é a maior fonte de inspiração de um artista, pois, dessa forma, é possível retratar a complexidade do ser humano em diversos momentos da história: “Esse tema nos mostra que precisamos amadurecer, porque percebemos que a única evolução que cabe a todos é a dos conflitos”.
 
Algumas das obras expostas já ganharam diversas premiações. O quadro mais famoso chama-se Pra que isso? e foi premiado com medalha de prata no 35º Salão de Artes Plásticas de Rio Claro. Outra obra que se destaca é a imagem de Janusz Korczajk com uma criança. Janusz ficou conhecido por ter escolhido ser deportado pelos nazistas junto com as crianças judias do orfanato em que dirigia, no subúrbio de Varsóvia, na Polônia.
 
 
 

 
 
Quadro Pra que isso?: “As crianças ficam perdidas em meio aos conflitos,
recolhendo mágoas e cápsulas deflagradas”
 
 
Juliana Moraes, que chefia a biblioteca do ICMC, afirma que as bibliotecas são ambientes intimamente ligados à arte e à cultura. Para ela, usar esse espaço para uma mostra de arte vem ao encontro desse conceito, da mudança no comportamento das pessoas que usam esse ambiente e que desejam ver e vivenciar outras atividades nele. “A aprendizagem não acontece apenas com a leitura, a escrita e os livros técnico-científicos, mas também com vários tipos de interações. Daí a relevância dessa exposição para a biblioteca e a comunidade”, finaliza Juliana.
 
 
Texto: Talissa Fávero – Assessoria de Comunicação do ICMC
 

Mais informações
Assessoria de Comunicação do ICMC: (16) 3373.9666
E-mail: Este endereço de email está sendo protegido de spambots. Você precisa do JavaScript ativado para vê-lo.

CONECTE-SE COM A GENTE
 

© 2018 Instituto de Ciências Matemáticas e de Computação