participantes-de-competicoes-podem-se-inscrever-em-60-cursos- Notícias
No total, há 113 vagas adicionais disponibilizadas por 20 unidades da USP; em São Carlos, o ICMC oferece o maior número de vagas para ingresso pela nova modalidade
Data da publicação: 04/09/2019

 

 

Quem participou de uma olimpíada científica pode se inscrever, até 13 de setembro, em uma das vagas adicionais oferecidas pela USP

 

Todos que sonham em estudar na melhor universidade pública do Brasil têm à disposição, a partir deste ano, uma nova porta de entrada para a USP: foram criadas 113 vagas adicionais em 60 cursos de graduação para quem participa de olimpíadas acadêmicas nacionais e internacionais. Para se candidatar a uma dessas vagas, basta se inscrever gratuitamente no site da Fundação Universitária para o Vestibular (Fuvest) até dia 13 de setembro.
 
A seleção será feita de acordo com um sistema de pontuação que tem como base, no caso de uma competição nacional, a medalha obtida pelo aluno. Nas olimpíadas internacionais, a participação na iniciativa já garante pontuação.
 
Os 60 cursos que disponibilizam as vagas adicionais são oferecidos por 20 diferentes unidades de ensino e pesquisa da USP, localizadas em São Paulo, São Carlos, Ribeirão Preto, Piracicaba e Lorena. Cada uma dessas unidades definiu quais olimpíadas serão aceitas para a seleção e qual pontuação mínima será exigida em cada curso. Estão listadas competições em diferentes áreas do conhecimento como, por exemplo, em matemática, física, biologia, química, astronomia, informática e robótica.
 

No campus da USP, em São Carlos, por exemplo, o Instituto de Ciências Matemáticas e de Computação (ICMC) é a unidade que disponibiliza o maior número de vagas, 15 no total, para ingresso pela nova modalidade nos seguintes cursos: Bacharelado em Ciências de Computação; Bacharelado em Sistemas de Informação; Bacharelado em Estatística e Ciência de Dados; Bacharelado em Matemática Aplicada e Computação Científica; e Matemática (depois de concluir o ciclo básico, o aluno pode optar pela Licenciatura ou pelo Bacharelado).

“Optamos por oferecer três vagas adicionais em cada um desses cinco cursos de graduação, que era o máximo permitido para este ano. Dependendo do interesse dos alunos e também da aprovação do Conselho de Graduação da USP, a oferta de vagas poderá ser ampliada no futuro”, esclarece a professora Sarita Bruschi, vice-presidente da Comissão de Graduação do ICMC.

 
A nova forma de ingresso é exclusiva para alunos brasileiros, concluintes do ensino médio e que tenham sido premiados há, no máximo, dois anos em uma das competições do conhecimento aceitas no curso a que está concorrendo. A Fuvest será responsável pela validação das informações dos inscritos, classificação e convocação dos candidatos. A lista dos selecionados será divulgada no dia 30 de setembro e as matrículas poderão ser realizadas virtualmente nos dias 20 e 21 de janeiro do próximo ano.
 
Para 2020, a USP oferecerá, além das 113 vagas voltadas aos estudantes premiados nas competições científicas, outras 11.260 vagas em seus cursos de graduação, sendo: 8.317 destinadas para seleção pelo vestibular da Fuvest, que está com inscrições abertas até 20 de setembro; e 2.830 disponibilizadas pelo Sistema de Seleção Unificada (Sisu), voltado aos candidatos participantes do Exame Nacional do Ensino Médio (Enem).
 
 
 
 
A professora Sarita Bruschi destacou o novo caminho para ingressa na USP na terça, 3 de setembro, em entrevista ao vivo para o Jornal Bom Dia São Paulo
 
 
 
Texto: Denise Casatti – Assessoria de Comunicação do ICMC/USP
Com informações de Adriana Cruz/Jornal da USP
 
Mais informações 
Acesse o edital e faça sua inscrição: www.fuvest.br/ingresso-usp-competicoes
Confira a tabela com as vagas disponibilizadas: icmc.usp.br/e/a6f61
Veja quais olimpíadas são aceitas nos cursos: icmc.usp.br/e/06eab
Saiba a pontuação exigida por cada curso: icmc.usp.br/e/d49af

CONECTE-SE COM A GENTE
 

© 2019 Instituto de Ciências Matemáticas e de Computação