cdin

VAGAS: 20 (14 na FUVEST + 6 no SiSU/ENEM)
DURAÇÃO: 4 anos (integral)
COMO SE INSCREVER NA FUVEST: em breve

 

SOBRE O CURSO

O Bacharelado em Ciência de Dados visa formar um profissional capaz de “pensar com dados”. Diante da enorme quantidade de dados disponíveis atualmente, provenientes das mais variadas fontes (como web, dispositivos móveis, literaturas especializadas e sensores de todo tipo – como satélites, radares e até telescópios), essa capacidade é essencial para a produção de conhecimento novo, útil e relevante para apoio à decisão e resolução de problemas complexos da sociedade.

 

O QUE VOCÊ VAI ESTUDAR?

O curso é multidisciplinar e se encontra na junção das áreas de Computação, Estatística e Matemática. Essa graduação visa fornecer conhecimento conceitual sólido para a ciência de dados e habilidades práticas para a resolução de problemas reais das mais variadas áreas, desenvolvendo também habilidades de comunicação e o comportamento cidadão e ético, tão relevantes atualmente.

O aluno aprenderá algoritmos, linguagens de programação, estruturas de dados e organização e arquitetura usuais dos computadores modernos. Também será formado para lidar com bancos de dados, inteligência artificial e suas várias técnicas e aplicações (aprendizado de máquina, mineração de dados e textos e processamento de linguagem natural), visualização de dados e informação, conceitos matemáticos e estatísticos de base, modelagem estatística de problemas, análise estatística de dados e inferência e técnicas de otimização. Além disso, outras opções lhe serão apresentadas durante o curso, como as cadeias de disciplinas optativas nas mais diversas frentes, que incluem programação avançada, segurança de informação, web, matemática avançada, otimização, empreendedorismo, mineração de dados e aplicações.

No último semestre do curso, o aluno deverá realizar trabalho de conclusão de curso, que pode ser em empresa (caracterizando estágio supervisionado) ou em universidade ou centro de pesquisa (caracterizando projeto de graduação), sendo que essas modalidades podem ocorrer também no exterior (em período de intercâmbio). Já para alunos que optarem por empreender, será possível realizar estágio em sua própria empresa.

As estratégias de ensino e aprendizagem são variadas. Há aulas no estilo tradicional, com aulas teóricas e teórico-práticas, e também laboratórios práticos. Porém, boa parte do curso está focada no uso de metodologias ativas de ensino, em que o aluno assume maior protagonismo no processo, com estratégias baseadas na resolução de problemas (problem-based learning) e aulas invertidas (flipped classroom).

 

O QUE VOCÊ VAI FAZER?

Há diversas frentes possíveis de atuação. Na vertente acadêmica, o aluno poderá continuar sua formação na pós-graduação (em programas de mestrado e doutorado), que busca avançar a fronteira do conhecimento para os métodos e aplicações de Ciência de Dados. Nas empresas e institutos especializados, a demanda por cientistas de dados é enorme: o aluno poderá atuar em empresas de comércio eletrônico (por exemplo, buscando entender o comportamento de segmentos de mercado, personalizar suas propagandas e melhorar suas vendas), em bancos e financeiras (para analisar perfis de clientes e serviços mais apropriados para lhes oferecer, melhores estratégias de investimento e possíveis fraudadores do sistema), na área da saúde (pela coleta e análise de dados de doenças, sintomas e tratamentos possíveis, assim como acompanhamento e previsão do comportamento de epidemias), na área jurídica (pela análise automática de leis e jurisprudências para montar argumentações jurídicas para casos novos), em questões demográficas e de ações político-sociais (pelo levantamento e análise de dados populacionais e identificação de demandas e possíveis encaminhamentos e soluções) e até mesmo na astronomia (processando os dados espaciais obtidos para identificar planetas habitáveis e outros corpos celestes de interesse), entre incontáveis outras (como meteorologia, planejamento urbano e transporte público, questões ambientais e de energia, educação, etc.).

CONECTE-SE COM A GENTE
 

© 2020 Instituto de Ciências Matemáticas e de Computação